quarta-feira, 1 de julho de 2009

Rio Amazonas




O Rio Amazonas corresponde ao maior rio do mundo, tanto em volume quanto em extensão, que se encontra localizado ao norte da América do Sul.

A nascente do Rio Amazonas está estabelecida na Cordilheira dos Andes, no Peru, no Lago Lauri e deságua no Oceano Atlântico, além de ser o maior rio do mundo em extensão e em volume, possui a maior Bacia hidrográfica do planeta. O nome do rio no Brasil é proveniente do ataque que o Espanhol Francisco Orellana recebeu de índios quando navegava, em 1541, pelas águas desse rio, nesse episódio Orellana pensou que havia sido atacado somente por mulheres, desse modo estabeleceu esse fato uma comparação com as mulheres guerreiras da mitologia grega, as amazonas. De um modo mais preciso, o rio Amazonas nasce na montanha Nevado Mismi, localizada no sul do Peru, nos Andes, se encontra a uma altitude de 5.500 metros.

O rio Amazonas possui um desnível de 60 metros com declividade pouco superior a 1 centímetro por quilômetro, por causa dessa característica o rio atinge grande volume, por isso em alguns pontos alcança muitos quilômetros de largura, aspecto que favorece a navegação. O rio quando atinge o território brasileiro recebe o nome de Solimões e se torna Amazonas a partir do momento que se junta ao rio Negro. A confluência desses dois rios provoca uma imagem de grande beleza, isso por que os rios possuem águas de coloração distinta, o Negro apresenta águas escuras e Solimões águas claras e, ao encontrar, suas respectivas águas não se misturam.

No rio Amazonas ocorre um fenômeno intrigante conhecido como pororoca, que consiste na formação de ondas provenientes do encontro das águas do rio com o Oceano Atlântico, isso acontece em períodos de maré alta quando o oceano invade a foz do Amazonas. Esse fenômeno produz um grande barulho, além de resultar em grande destruição das margens, desmoronando barrancos e derrubando árvores e casas ribeirinhas. Muitos surfistas são atraídos para esses locais em busca das gigantescas ondas formadas pelo fenômeno.

Curiosidades sobre o rio Amazonas

- O rio possui 13 km nas proximidades com a confluência com o Xingu e nas cheias atinge até 50 km.

- a cada segundo deságua no oceano Atlântico cerca de 180 milhões de litros de água. - o Amazonas possui uma profundidade máxima de 50 metros.

- em sua foz o rio lança por ano cerca de 800 milhões de toneladas de sedimentos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário